Lampiões 2 - SPORTING 0


Nem Liedson valeu para evitar a derrota por 2-0 frente ao maior rival. Aliás, o regresso do Levezinho à competição foi mesmo o maior destaque leonino nesta noite em que o Sporting saiu da Luz sem nenhum ponto, tendo encaixado dois golos sem resposta, um resultado que marca a primeira derrota de Paulo Bento como treinador no Estádio da Luz.
A partida começou com oportunidades para as duas equipas porque no dérbi mais quente do País atacar é o mote. Logo nos primeiros minutos, Djaló e Cardozo remataram, prometendo um jogo “quente” e dinâmico. Contudo, a primeira parte pecou por falta de eficiência na hora de rematar à baliza e acabou como começou: sem golos. Faltou alguma agressividade à equipa leonina durante todo o jogo, faltou aquela determinação que costuma resolver estes grandes jogos, faltaram, nada mais simples, golos do Sporting - quem não marca arrisca-se a sofrer - a máxima é antiga e resulta na perfeição.
Se na primeira parte houve algum espectáculo e equilíbrio, depois do intervalo, com a entrada de Pablo Aimar, o Benfica conseguiu encontrar o caminho para a baliza de Rui Patrício. Ao segundo golo benfiquista decerto muitos sportinguistas se lembraram ainda do 5-3 da época passada mas, como jogos esses são únicos, desta vez o desfecho não foi feliz para os nossos lados. Estava consolidado o resultado e nem a entrada, depois de cinco meses de ausência, de Liedson, depois do segundo golo sofrido, inverteu a situação.
Depois de três vitórias consecutivas no arranque da temporada, conquistando desta forma o primeiro lugar da Liga, o Sporting perdeu a oportunidade de ficar a sete pontos do Benfica, estando agora somente a 1 e pode perder amanhã a liderança para o Nacional. Muitos virão agora falar que esta derrota foi também fruto das declarações polémicas de Vukcevic e Derlei mas não. O Sporting perdeu porque não soube aproveitar as oportunidades criadas nem superiorizar-se quando devia. Não adianta arranjar desculpas. Quando falta agressividade não há nada a fazer. O Sporting podia, tal como Paulo Bento o referiu depois do jogo, ter feito mais para vencer, mas não o fez. Agora, segue-se Basileia. Aprender com os erros e concentrarmo-nos no futuro parece ser o mais acertado a fazer.
fonte:leão da estrela

Sporting CP 2 - 0 Belenenses



Bom apoio, com mais uma mega coreografia, como já vem sendo habitual.Todos os núcleos presente. Mobilização total para a lixeira contra os lampiões,preço do bilhete 22 euros.

Antes do jogo o Sporting CP homenageou o sportinguista Camilo de Oliveira pelos seus 60 anos de carreira artística. Camilo merecu de todos nós uma enorme ovação.
Uma assistência relativamente fraca emoldurou este jogo que o Sporting CP tinha de vencer para manter o primeiro lugar, fazer esquecer o fantasma de Campo Nou criar ânimo para vencer, também, na Luz dentro de uma semana.
Mas o fantasma de Camp Nou chegou a pairar em Alvalade quando o Sporting CP sentia grandes dificuldades para afasto adversário da sua área e interromper a circulação de bola em que, por vezes, o enredava.

O Sporting CP entrou mal no jogo e raramente conseguia fazer uma jogada de ataque bem urdida, ainda que se tenha aproximado algumas vezes da área do seu adversário.

Helder Postiga marcou o primeiro golo de Sporting CP aos 33 minutos e a primeira parte terminou com o resultado em 1-0.No próximo sábado, dia 20 de Setembro 2008, jogar-se-á em Alvalade o Sporting CP – Belenenses com início às 20:30h. Também na época passada as duas equipas se encontraram na 3ª jornada e o resultado foi 1-0.
Na segunda parte o jogo decorreu com um pouco mais de rapidez, mas o Sporting CP continuava excessivamente lento e desenhando jogadas muito previsíveis.

A primeira substituição aconteceu aos 46 minutos, entrando Vukcevic para o lugar de Izmailov que estava a fazer uma jogo excessivamente discreto. A entrada de Vuk foi saudada com uma enorme ovação que traduziu o carinho dos adeptos por este leão.

Foi aos 50 minutos que foi cometida uma falta dentro da área, marcando o árbitro a correspondente grande-penalidade. Romagnoli transformou-a no segundo golo do Sporting CP.

Algumas jogadas chegaram a levar perigo à baliza dos de Belém, com uma perdida flagrante de Postiga mas, até final do jogo, o resultado não se alterou.

fonte:Centenario Sporting

LIGA DOS CAMPEÕES F.C. Barcelona 3 SPORTING 1





Muitos ultras se deslocaram a catalunha, bom apoio durante os 90 minutos.Chegamos a ser ouvidos na transmissão televisiva. Foi pena realmente o nosso SPORTING ter talvez feito a pior exibição desta época.

Demasiadamente nervoso, mal escalonado no terreno, trapalhão e sem imaginação, eis o Sporting CP que jogou a primeira parte em Camp Nou.
Na frente, Derlei e Djaló quase não existiram; A defesa não atinava nas marcações aos dianteiros catalães e cometia erros sucessivos que criaram situações difíceis; No meio campo, alguns pormenores de boa técnica de Moutinho não deram para disfarçar o domínio do Barcelona nesta zona do campo.
O golo do Barcelona aos 21 minutos, marcado por Rafa Marquez, foi o corolário lógico do domínio que tivera até então. Só depois os jogadores leoninos reagiram um pouco, com algumas jogadas de ataque que, contudo, não chegaram a criar perigo.
A primeira parte terminou com o resultado em 1-0 para os catalães.
A segunda parte começou sem alterações nas duas equipas e, também, com a defesa do Sporting CP a continuar sem acertar nas marcações aos dianteiros do Barcelona, ainda que, de um modo geral, o Sporting CP tenha equilibrado um pouco o jogo.
Aos 58 minutos o árbitro assinala uma grande-penalidade contra o Sporting CP, o que parece não ter sido uma decisão correcta do árbitro para o toque de Abel sobre Etho’o.
Depois da entrada de Pereirinha, por troca com Caneira (79 min), Veloso recuou para defesa esquerdo e o jogo do Sporting CP ressentiu-se disso, voltando a perder o controlo que tinha conseguido por algum tempo.Rui Patrício não conseguiu defender o pontapé bem colocado de Samuel Etho’o aos 60 minutos. Abel teve o cartão amarelo.
Paulo Bento Faz duas substituições, de Djaló por Postiga (62 min) e de Romagnoli por Miguel Veloso (65 min). As substituições, sobretudo a entrada de Veloso para o meio campo, deu uma nova vida à movimentação dos leões.
Aos 72 minutos, um livre apontado por Veloso leva a bola para dentro da pequena área dos catalães, o que Tonel aproveitou para marcar, passando o resultado para 2-1.
Aos 87 minutos, surge o terceiro golo do Barcelona numa jogada pela esquerda de que resulta um centro que Polga não interceptou e sem que Patrício conseguisse chegar à bola que se escapou para o fundo da sua baliza.
O Sporting CP não conseguiu, de todo, acertar com o melhor modo de jogar contra uma equipa muito experiente, contra a qual revelou excessiva ingenuidade tanto a nível dos seus jogadores como do modo como Paulo Bento armou a equipa para este jogo.
fonte:centenário Sporting

Convocados para a Champions




Paulo Bento divulgou ao final da manhã de domingo a lista de convocados para a primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os «leões» defrontam, na terça-feira, o Barcelona, em Camp Nou, às 19h45 (hora de Lisboa).

Lista de convocados:
Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago
Defesas: Abel, Pedro Silva, Polga, Tonel, Caneira e Grimi
Médios: Adrien, Miguel Veloso, Rochemback, Pereirinha, Moutinho, Romagnoli e Izmailov.
Avançados: Derlei, Postiga, Tiuí e Yannick

PORTUGAL É CAMPEÃO DA EUROPA
Portugal é o novo campeão da Europa de Sub-17. A equipa do Prof. Jorge Lopes venceu hoje na final a sua congénere Italiana por 3-2, com 3-1 ao intervalo. A equipa da casa entrou melhor no jogo e aos 3 minutos inaugurou o marcador, Portugal em desvantagem correu atrás do prejuízo e numa primeira parte de luxo com João Souto a liderar consegue dar a volta ao resultado e chega ao intervalo a vencer por 3-1 com dois golos de João Souto (6 e 11min) e Telmo Pinto aos 9. A 2ª parte foi diferente para pior e os Italianos aproveitaram para aos 8 minutos reduzirem para 3-2, resultado com que se atingiu o final, sem no entanto a equipa da casa a 3 minutos do ultimo apito ter uma oportunidade de ouro para empatar a partida.
Portugal regressa assim ás conquistas Internacionais, depois da Taça Latina em Coimbra é agora a vez do Campeonato da Europa Sub-17 e assim pouco a pouco se vai quebrando a hegemonia da Espanha.
No jogo de atribuição do 3º e 4º lugar a Espanha venceu a França por 4-1, num jogo onde os Gauleses entraram a vencer.

fonte http://www.cartaoazul.blogspot.com/

HOQUEI EM PATINS GONCALO ALVES NO EUROPEU SUB 17 EM BASSANO


O EUROPEU DE SUB 17 A realizar em Bassano – Itália, entre 8 e 13 de Setembro, vai contar com a presença do Leão Gonçalo Alves, que fugura entre os eleitos para a prova, que Portugal procura vencer.
Para todos e em especial para o Gonçalo as maiores felicidades.
Uma palavra para outro grande leão, Pedro Delgado, que acabou preterido, mas com certeza irá ter mais oportunidades de representar o nosso País.

HOQUEI EM PATINS


Se gostas de hóquei em patins e queres jogar no Sporting CP, não percas tempo!

Rapazes e raparigas com idades compreendias entre os 4 e os 10 anos, só têm de aparecer, a partir do dia 7 de Setembro, no Pavilhão da Casa do Gaiato, em St. Antão do Tojal, aos sábados e domingos, entre as 9h00 e as 10h30.

Não é necessário levarem patins.

Para mais informações devem contactar 91 870 7300 / 91 953 20 97 / 91 726 24 41,

ou então associacaopatinagemscp@gmail.com.

Barcelona-SPORTING




RESERVAS PELOS TELEFONES: 919937559/965459034

A Torcida verde vai estar presente em Barcelona a apoiar o nosso SPORTING.Contacta já o teu responsavél de núcleo, ou o teu contacto habitual, reserva já a tua presença. Amanhã poderá ser tarde.Informa-te das condições e preços.

BARCELONA:

Fundado em 1899, o Barcelona é um dos históricos de Espanha mais conhecidos.

É um clube eclético com muitas vitórias em todas as modalidades, o único que, em todos o mundo, colecciona mais títulos do que o Sporting CP.

Conquistou o seu primeiro troféu em 1910, ganhando a Taça do Rei, facto que o lançou na alta-roda do futebol espanhol.

Em 1928/29 foi, pela primeira vez, campeão espanhol.
Tem um palmarés notável, do qual realçamos:
A nível nacional:
- 18 Campeonatos de Espanha
- 24 Taças do Rei
- 2 Taças de Espanha
- 7 Supertaças
A nível internacional:
- 2 Ligas dos Campeões
- 4 Taças Europeias

Por este clube passaram alguns dos jogadores mais famosos do mundo como Kubala, Cruyff, Maradona, Figo, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Messi, entre outros.

Diversos jogadores portugueses, para além de Figo, jogaram no Barcelona, como foram Simão Sabrosa, Vítor Baía, Fernando Couto e Quaresma.

O seu estádio, o Camp Nou (Campo Novo) tem capacidade para 110.000 pessoas.

Tem um plantel de 25 jogadores, dos quais 11 (44%) são espanhóis.

Sporting de Braga 0 - 1 Sporting CP


A Torcida verde muito bem representada, apesar de ser segunda-feira, bom apoio 90 minutos, contribuindo para mais 3 pontos e a respectiva liderança da liga. Um obrigado a todos os presentes, pelo esforço feito para estarem em Braga a noite. Lamentamos que os nossos dirigentes continuem a deixar marcar jogos em dias de trabalho e a horas tardias.
Num estádio não tão lotado como seria de esperar, o Sporting CP entrou na partida decidido a vencer como se vem tornando hábito.
Foi assim que, aos 3 minutos aconteceu o golo que acabou por dar a vitória, marcado por Hélder Postiga depois de uma jogada pela direita e um passe que lhe leva a bola em condições de rematar com sucesso.
O Braga reage e equilibra o jogo mas não cria oportunidades de golo, enquanto o Sporting CP controla a partida.

A parir dos 25 minutos o Sporting CP volta a dominar claramente e acontecem algumas jogadas duras de jogadores bracarenses.

Aos 29 minutos Derlei fica muito magoado depois de uma entrada dura, é retirado em maca mas recupera.
Nota-se que o meio campo sportinguista tem algumas dificuldades em fazer avançar o jogo, talvez porque Rochemback mostra fraco poder de recuperação.

A primeira parte termina com o Sporting CP a vencer por 1-0.

As equipas regressam ao relvado sem alterações e o Sporting CP volta a entrar melhor do que o seu adversário, num jogo onde se notava menos velocidade.

Moutinho tem uma exibição abaixo do seu habitual, ainda que sendo um jogador sempre útil e Roca continua pouco espedito.

Aos 55 minutos Hélder Postiga é substituído por Tiuí depois de ter demosntrado algum nervosismo numa situação de despique mais duro, na qual quase atinge o seu adversário, o que lhe valeria o segundo amarelo.
Mas Tiuí cedo mostrou que não estava em noite feliz, entrando mal no jogo.

Aos 60 minutos Romagnoli tem uma jogada muito boa pela direita e apenas não marca porque o remate lhe sai enrolado e com pouca força.

Aos 67 minutos o argentino é substituído por Miguel Veloso.

Nota-se nova reacção do Braga que, contudo, os leões conseguem controlar.

Aos 82 minutos aconteceu uma jogada muito perigosa na grande área do Braga com uma situação que Tiuí não consegue aproveitar.

Aos 83 minutos João Pereira é castigado com cartão vermelho directo por uma entrada dura e feia sobre Moutinho.
Reduzido a 10 unidades, o Braga não consegue impor-se nos minutos finais em que o Sporting CP se acerca, por diversas vezes, da sua baliza.

O jogo termina, depois de uma compensação de 4 minutos, com a vitória do Sporting CP que, deste modo, se mantém sem perder pontos.
fonte:www.centenariuosporting.com

Futsal: SPORTING 5 Lampiões 3



Sporting Conquista 3ª supertaça. A Torcida Verde esteve muito bem representada, com um apoio incansavél, parante um pavilhão repleto, e com mais Bimbos e xungas vestidos de vermelho. Fomos a unica representação presente no pavilhão. Valeu!!! parabéns a todos os ultras presentes.

href="http://2.bp.blogspot.com/_Jd2p7TR1Ms8/SLu7GetznHI/AAAAAAAABpM/1i4jH3Bz1F0/s1600-h/TOR+9.jpg">

A equipa de futsal do Sporting conquistou a Supertaça, ao vencer o Benfica por 5-3. Café (2), Djó, João Matos e Deo foram os autores dos golos do triunfo. Esta é a terceira Supertaça que os «leões» alcançam na sua história.

A equipa «verde e branca» fez uma excelente primeira parte, embora nos segundos finais tenha ficado reduzida a quatro elementos, por expulsão de Bibi. A vantagem de 3-1 era mais do que justa e até pecava por escassa, devido ao número de oportunidades criadas.

No segundo tempo, o Benfica ainda reduziu para 3-2, mas os «leões» foram sempre superiores e encaram a partida com uma grande dose de esforço, já que se viram impedidos de utilizarem Bibi e Paulinho, que se lesionou ainda no decorrer da primeira parte. Os pupilos de Paulo Fernandes não se «amedrontaram» com a vantagem mínima e dilataram para 4-2 e já no final para 5-3.

Vitória justa dos «leões», que iniciaram a época da melhor forma, não só pela conquista da Supertaça, como pelos pormenores que apresentaram no primeiro encontro. Ficou assim alcançado o primeiro objectivo da época.
fonte:www.sporting.pt

Ainda hoje Reportagem da deslocação à Madeira!!!! Torcida Verde Loures ; Contactos : Tm: 912122740 , E-mail : torverloures@gmail.com

 
Cheap Web Hosting | Top Web Hosts | Great HTML Templates from easytemplates.com.